COMO GERENCIAR O TEMPO DAS ATIVIDADES EM UMA AULA DE INGLÊS

 

Se você, professor, é um daqueles que planeja as atividades da sua aula, mas nunca consegue cumprir tudo que planejou, então esse post é para você.  Time management ou gerenciamento de tempo em uma aula é tão importante quanto a aula em si.

Ao planejar a aula, preveja quanto tempo os seus alunos demorarão para realizar as atividades propostas. Mas preste muita atenção em quanto tempo você previu, pois, alguns fatores podem prolongar o tempo de realização da atividade, e você precisará de mais tempo do que imaginou. Por exemplo: instruções confusas, dificuldade com o tópico gramatical, nível de desafio do próprio exercício e etc., ou seja, em uma aula é vital que o professor se antecipe e calcule quanto tempo cada atividade demandará.  Veja algumas dicas que ajudarão a gerenciar melhor o tempo em sala de aula:

 

5-7 MINUTOS A MAIS

Uma ótima dica para prever o tempo de cada atividade é contabilizar 5-7 minutos a mais para aquela atividade além do tempo, pois esse tempo seria gasto tirando dúvidas e auxiliando alunos no que for necessário.

 

MENCIONE O TEMPO DA ATIVIDADE

Outra dica importante é dizer aos seus alunos quanto tempo eles terão para realizar determinada atividade, e mais importante ainda, é monitorar o tempo. Assim, seus alunos estarão cientes de que não poderão utilizar nenhum segundo a mais.

 

ATIVIDADES CORINGAS

Outra dica valiosa é planejar atividades coringas, aquelas que podem ser adaptadas no decorrer da aula. E quando eu digo adaptadas, isso significa que elas podem ser encurtadas ou entendidas de acordo com a sua necessidade.

 

CONTROLE-SE

E acredito que a dica mais importante de todas, é não se deixar levar pela aula. É claro que a sua aula não deve ser engessada, e em alguns momentos você sairá do planejamento. A questão é até onde se deixar levar? Frequentemente observo aulas de professores que se deixam levar pela conversa e perdem o foco. Essa atitude, com certeza, vai lhe custar alguns minutos a mais que poderiam ter sido melhor empregados em atividades que levariam os seus alunos a praticar o conteúdo e a se desenvolver melhor.

 

SEJA REALISTA

Se você possui alunos no nível básico eles talvez demorem um pouco a mais para realizar atividades do que os seus alunos do nível intermediário. Isso também pode acontecer com alunos de idades diferentes, crianças e adolescentes tendem a ser mais rápidos do que adultos na faixa dos 50 anos. Então, analise bem o perfil dos seus alunos.

 

ENSAIE

Se mesmo com todas as dicas acima você ainda não estiver seguro de quanto tempo algumas atividades demandarão, então ensaie. Peça que algum amigo ou parente realizar a atividade para você e monitore-o, dessa forma você terá o feedback imediato e se quiser poderá adicionar mais alguns minutos ou até mesmo reduzir alguns minutos dependendo de como o ensaio ocorreu.

Gostou das Dicas?  Curta a EnglishON nas redes sociais e acompanhe nosso blog com dicas para professores.

Imagem: CrayonStock
Blog
Bruna Mora Bastos
Sobre o Autor

Fundadora e diretora da EnglishON. Professora de inglês há mais de 10 anos. Possui Licenciatura em Letras – Português/ Inglês pela UNICID/UNICSUL. Certificada pela Universidade de Cambridge com: CELTA (Certificate of English Language Teaching to Adults) ; FCE (First Certificate in English) ; BULATS (Business Language Assessment Testing Service). Ministra cursos de formação de professores pela EnglishON. Atua como coach e mentora de professores e já trabalhou nas principais escolas de inglês do país, como: Skill, Yázigi, Cultura Inglesa e outras.